OSCIP
Mestres da obra é uma OSCIP (organização da sociedade civil de interesse público), que há mais de uma década contribui para o desenvolvimento humano dos trabalhadores da construção civil e indústria nas questões relacionadas a educação, cultura e sustentabilidade. Como atividade central, implantamos ateliês de arte no próprio local de trabalho, transformando-os em espaços de conhecimento onde o “educar” converte-se em troca e responsabilidade coletiva fortalecendo a relação entre as pessoas e a cidade.

Mídias
Fotos
Música
A MUSICA QUE TOCA VOCE
Esse projeto consiste em transformar, através de cálculos matemáticos, suas informações pessoais
como peso, altura, sexo, data nascimento e etc em notas musicais.
Após a obtenção dessas notas, o grande desafio é combinar uma seqüência dessas notas,
rigorosamente sem alterá-las, formando uma melodia que fique agradável aos nossos “ouvidos”. A
partir daí, monta-se uma harmonia e um arranjo.
Alguns desses dados são mutáveis (ex: peso, altura, etc). Por isso as notas resultam na retratação
daquele momento da vida da pessoa.
A colaboração do compositor que irá “ordenar” essas notas, tanto melodicamente como
ritmicamente, é secundária.

ESPECIFICAÇÕES

1. Data de Nascimento
A apuração das notas através da data de nascimento é baseada no CICLO DE 12:
São as 12 notas musicais (de Do a Si mais os sustenidos/bemóis) e a cada ciclo sobe- se uma oitava. (ex: Dia 1 = C1, Dia 13 = C2 ...).
Para dia então teremos a extensão de C1 até F#3.
Para o mês usa-se a oitava central (3) por convenção, que terá a extensão de C3 até B3 (Ciclo de 12
puro).
Para o ano, usaremos o “CICLO DE 60” que é o “ciclo de 12” multiplicado por 5. A maioria dos
pianos
(instrumento que tem a maior extensão) normalmente é composto por 5 oitavas.
Sendo assim a extensão para o ano é de C1 até B5.

2. Altura
Calculando o tempo que o som demora para percorrer a distância (da altura) calcula- se a
frequência respectiva (técnica do “sonar”). Para cada frequência temos resultante uma nota
musical e sua respectiva oitava.

3. Peso
Através do peso e da altura calcula-se o Índice de Massa Corpórea (IMC).Usando como referência a
tabela de IMC do SBEM
(Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia) e também o “Ciclo de 60” temos:
IMC Classificação Notas / Extensão
Até 18,5 Magreza C5 até C6
Entre 18,5 e 24,9 Normal C3 até B4
Acima de 24,9 Sobrepeso, C1 até B2
 Obesidade, Obesidade Grave
Identificando-se através do IMC a região (oitava) aplica-se o “Ciclo de 12” restritamente a(s)
oitava(s) pré-determinada(s), chegando na nota exata.

4. Pés
Baseando-se no “Homem Vitruviano” de Leonardo da Vinci, o pé corresponde a 1/6 da altura.
Sendo assim, divide-se a frequência calculada pela altura ( item 2 ) por 6. Calcula-se a nota musical
correspondente.

5. PALMA
Mesma regra dos pés, porém ( segundo Da Vinci ), a palma corresponde a 1/10 da altura. Aplica-se o
mesmo cálculo com essa base.

6. Sexo
O sexo determina o compasso: binário ou ternário.
Para o sexo feminino (XX) >>>>> compasso binário
Para o sexo masculino (XY) >>>>>> compasso ternário
Sendo “X” um número par e “Y” um número ímpar, temos:
Todo número par somado a outro número par resultará sempre um número par. Todo número
par é divisível por 2.
Por isso, sendo sexo feminino=XX, a soma entre eles (X+X) sempre resultará em um número par que
é divisível por 2 ( compasso binário )
Toda soma entre um número par e um ímpar resultará em um número ímpar. Todo número
ímpar é divisível por 3.
Por isso, sendo o sexo masculino=XY, a soma entre eles (X+Y) sempre resultará em um número
ímpar que é divisível por 3
( compasso ternário ).
Share by: